Poderia Me Explicar Seus Sonhos ?

poderia me explicar seus sonhos Fundo

Neste mundo alguns comentários não devem ser expostos. Isso eu demorei pra aprender. Algumas coisas a gente pensa e só, morre alí. Quando muito, gasta uma ou várias linhas despejando tudo aquilo no papel. Ficar engasgada também não dá. Mas outra coisa que não dá é ter que justificar os seus pontos de vista toda hora, e pior, pra gente que não parece nem ligar, gente que já tem uma opinião formada e pronto, Inflexível.

– Eu não discuto com quem tem certeza!
Ouvi essa frase por ai e peguei pra mim. Uso toda hora pra justificar alguns silêncios. Acho ótimo debater com quem tem plausividade o bastante para se fazer ouvir e ouvir atentamente em troca. Analisar a informação antes de devolver o troco ensaiado e puído de tanto que já foi cuspido por ai. Chato chato.
Tem muita coisa que eu só penso. A maioria delas esta por aqui, hoje em dia. Eu sonho com o dia em que todas elas estarão! – Ah, liberdade!

Falando em coisas que eu ouço por ai, teve uma que eu li estes dias. Foi numa entrevista com o Diretor da Escola de Negócios da USC. A Universidade do Sul da California, umas das 100 melhores do mundo, caso você não conheça.
Ele disse bem assim: ‘Procuramos alunos que consigam explicar seus sonhos’.
Lê com calma essa frase. Lê outra vez… pensa nela… Só em mim dá medo de não saber muito bem?
Falar sobre sonhos é uma coisa, agora explica-los numa entrevista para a faculdade, por exemplo, me parece bem tenso. Não sei se eu conseguiria encontrar as palavras. Na verdade eu nem sei se eu já cultivei alguma sobre.

Você que me vê aqui falando sobre sonhos o tempo todo, e gritando exaurida sobre o quanto é importante seguir o que a gente acredita. E o quanto é importante acreditar. Digo e repito, feito doida. E olha só quem é que tá buscando sonhadores… O cara de uma das melhores faculdades do mundo.
Eu devo estar um pouquinho certa nisso, coisa que, como leonina, fico feliz em dizer isso.
Mas pesquisando mais a fundo, o que se encontra são só todos os processos seletivos de faculdades renomadas pelo exterior a fora, que valorizam irremediavelmente os valores e propósitos de vida, e por assim dizer os sonhos que os alunos almejam pras suas vidas. Como eles desejam mudar o mundo. Olha isso, que loucura!  Que loucura mais deliciosa!

Mas vamos ficar apenas com a declaração do diretor da USC por enquanto que já me foi o suficiente para queimar os miolos. Eu tenho sonhos, quilos deles, talvez todos os que alguém pode ter, mas eu não sei se seria capaz de explica-los, e agora, faz tanto sentido saber como explica-los que eu me sinto uma sonhadora meio boboca. Meio daquelas que sonha só por sonhar, sabe?
Me deu medo de ser inerte por não saber explicar os meus sonhos.
“Saber como o candidato constrói sua educação e como ela o conecta com o mundo e seus sonhos”.
Você consegue explicar os seus sonhos? Consegue explicar como você tem construído a sua educação para conectar o seu mundo com os seus sonhos?
E ele termina usando luvas de pelica para me esbofetear a cara:

“Comece cedo, seja único e siga seus sonhos. Não importa quais eles sejam, importa que você faça algo para alcançá-los”
Creio eu que por “cedo” ele queira dizer AGORA!



Bia

Deixe uma resposta