FILME : Califórnia

[SEM SPOILER]

Você pode ler este texto ouvindo Joy Division .

california meio
Direção, produção e roteiro de Marina Person. É, ela mesma! Ex VJ da MTV. E olha só esta postagem começando bem “anos 80-90”, já. Ah! MTV! Saudades de ficar horas esperando o clipe da minha banda favorita passar na telinha. Saudades.

Retornando ao filme, é um longa de ficção, DCP (Digital Cinema Package) que se passa nos anos 80. Elenco contando com Giovanni Gallo (que fez a primeira temporada da série ‘vizinhos’ da GNT e na qual eu me viciei), Caio Blat, Paulo Miklos, Virginia Cavendish (que dispensam parênteses) e quem interpreta a protagonista é a Clara Gallo. Ela faz o papel de Estela (Teca),  uma adolescente beirando todas as descobertas que a idade proporciona regada ao drama (claro, afinal – adolescência, né?!).
Relacionamentos, amizade, homossexualismo, decepcções, sexo, HIV, sonhos, viagens e crises. Muitas crises. Tudo isso em meio a um clima inteirinho retro, que te transporta de volta ao seu passado, ou ao passado dos seus pais – se você nasceu depois dos anos 90.
O maior herói da protagonista é seu tio Carlos, um jornalista especializado em rock, que mora na Califórnia, lugar pra onde Clara sonha em ir (e ver o show do Bowie – tá começando a sentir essa vibe? Siiiiiiim! ). Acontece que em meio a uma porção de vida que acontece, a Clara esbarra em algumas descobertas, algumas envolvendo inclusive, o seu herói.

Pensando nisso, eu me lembro de quando guardava algumas pessoas em caixas de cristal para preservar suas almas de bibelô perfeito – Verdadeiras redomas de vidro. Tanta criação de expectativa pra depois descobrir que todo mundo é feito de carne, osso e erros.
Claro que é bom ter figuras modelo pra se espelhar. Mas é tão melhor depois que a gente cái na real e para de pensar que certas pessoas são “perfeitas”.

O peso da adolescência é bem este: ver a perfeição de forma equivocada em tanta gente, que o adolescente não se permite errar. Ou faz uma tempestade em um copinho d’água. Depois que a gente descobre que todo mundo comete erros e fraquezas incrivelmente grandes, a gente se cobra menos e a vida fica mais leve. Desta parte da adolescência, de “endeusamento” alheio eu confesso que não sinto a menor falta. Mas vamos voltar ao filme – de novo.

Outro papel que se destaca no longa é o interpretado pelo Caio Horowicz, ele é o esquisitão do filme, e vocês não tem ideia o quanto eu adoro este tipo de gente. O cara chega no meio do semestre na sala de aula da Teca, todo diferentão, uma panca meio Tim Burton, fazendo o papel de JM.

Março de 2014. São Paulo - SP Still do longa " California" , direção Marina Person Fotos: Aline Arruda
Março de 2014. São Paulo – SP
Still do longa ” California” , direção Marina Person
Fotos: Aline Arruda

O filme se passa em 84 e tudo que se vê, inclusive a trilha sonora é tão saudosa, que é impossível não querer reviver! A história retrata a mudança definitiva da forma de Estela ver o mundo.
O Projeto foi vencedor do Edital de Cinema BNDES de Finalização em 2014 e foi exibido na Première Brasil, mostra competitiva do Festival do Rio, que aconteceu em outubro. E está indo pros cinemas agora em Dezembro!

Apesar de eu ter nascido em 87’, o gosto dos anos 80 sempre esteve muito presente na minha vida, já que minha mãe, tios e primos eram todos adolescentes nesta época. Então, não tem jeito, as músicas, a moda, o jeito de falar, me fazem voltar no tempo – E é bom!
A trilha sonora do filme conta com The Cure, The Smiths , New Order, Joy Division, David Bowie, Titãs, Kid Abelha, Metro, Paralamas do sucesso… e por aí vamos!

Eu vi só o trailer, mas quem me conhece sabe o quanto eu sou apaixonada pelo cinema Brasileiro, estou louca pra ver este filme.
Vale à pena conferir logo na primeira semana de Dezembro pra garantir que o filme permaneça em exibição por mais tempo. Que tal hein?
Eu acho que vale muito à pena!
Trailler

E você? Vai perder?
<3


Bia

obs: *Para fins de direitos autorais, declaro que as imagens utilizadas neste post não pertencem ao blog. Qualquer problema ou reclamação quanto aos direitos de imagem podem ser feitas diretamente com nosso contato. Atenderemos prontamente.

Deixe uma resposta