Até onde você “se permite” ?

Aproximadamente 21:20 de uma segunda-feira qualquer, sozinha, sentada no segundo degrau da escada de uma loja do centro, tomando um milk shake de frutas vermelhas (meu favorito) e ouvindo o som do mundo.

Me peguei com a atenção voltada à conversa de duas garotas por volta dos seus 17 anos que me fizeram me lembrar do passado.

Já estive nesta vibe de:

– Ah, odeio carnaval!

– Odeio rock nacional!

– Odeio pagode!

– Odeio rosa!

Bem, não exatamente estas, mas já estive, confesso.

O que se percebe é que os anos vão passando e você não sente mais tanta necessidade de se cercar de certezas assim.

Óbvio que tem coisas que, se você pudesse escolher, você não ouviria ou faria e tal. Mas você aprende a apreciar outras coisas, fora aquelas que você curte de verdade. Você começa a aprender que é muito mais do que a música, muito mais do que o lugar, e talvez, as pessoas que estão ali, é você e o seu momento. E no seu momento, é você quem escolhe o que realmente vai ser divertido ou não, e não fatores externos.

Descobrir isso te coloca num grau de independência e liberdade, um grau de “permissão”, que raramente você sentiria se continuasse se privando de ser e fazer coisas porque “não é da sua natureza”.

Dane-se a “nossa natureza”. Legal é ser feliz com o que aparece, o resto todo é perda de tempo.

Aliás, quem foi que definiu isso tudo em você? O que pode ou não pode?

É meio hipócrita prezar pela liberdade e buscar isso com toda a garra se, no fim, você não se permite ser tudo que vier. E experimentar de tudo e fazer de um tudo.

As limitações somos nós que definimos.

Depois que eu entendi tudo isso, eu passei a experimentar coisas inusitadas e que realmente me abriram os olhos pra um mundo menos regrado, menos sério e sem todos aqueles padrões, que são uma chatice, diga-se de passagem.

Esse nível de maturidade faz com que você entenda o quão pode ser divertido estar fora da cerca onde você se fecha quando acha que tem certeza de tudo.
Se permita!

Aproveite o que você tem agora!

Divirta-se!

 

Semana linda pra nós!

<3

Deixe uma resposta