Amizade e seus valores

Amizade e seus valores

 

 

 

 

Eu sou daquelas pessoas que não dizem muito que ‘amam’.

Meus ‘eu te amo’ são em sua maioria traduzidos em minhas atitudes.

Se eu reclamo, discuto e debato com você sobre as suas atitudes, acredite: eu amo você.

Pra aqueles que eu não amo, eu sorriria e faria cara de paisagem até se me dissessem:

– Hey!! vou pular da ponte mais alta comendo doritos e cantando Beatles.

Eu provavelmente fingiria que ouço a história inteira, faria alguns comentários mentais sobre o quão algumas pessoas podem ser idiotas e pensaria:

– Poxa, Beatles é legal.

Tá, Ok! Foi um exemplo meio sádico.

Mas o que eu gostaria de explicar é que quando eu escolho alguém pra ser meu amigo, a pessoa precisa entender o meu jeito de amar as pessoas: Cuidando. Mas do meu jeito meio ogro de ser. Sendo sincera demais, as vezes.

A vida é sua, eu sei. Mas eu como amiga tenho a obrigação de dizer: Faça isso se quiser, mas saiba que estará sendo um cretino.

Quando eu escolho alguém pra ser meu amigo, a pessoa tem que saber que eu vou estar sempre lá, mesmo que eu não ouça exatamente o que eu gostaria de ouvir dele. Mas eu vou estar lá e vou estar bem, e vou confiar, e vou continuar cuidando.

Alguns dos principais valores de uma amizade, em minha opinião, são:

  • E isso eu coloco em primeiro lugar em qualquer relacionamento humano. Antes mesmo do Amor, precisa existir respeito.
  • Seja Leal. Não abandone. Mil vezes: NÃO ABANDONE. Esteja lá, cuide. Eu não quero que você se prive de outras amizades, mas terminantemente: Se eu tô lá por você, você precisa estar lá por mim, vez ou outra.
  • Seja verdadeiro. Você pode ficar a vontade aqui. Se você é meu amigo eu gosto de você como você é e te respeito e te aceito exatamente assim. Mas eu jamais vou incentivar suas idiotices. E eu não tenho problemas em ser bem sincera enquanto a elas – as idiotices-. Cuidar, nem sempre significa passar a mão na cabeça e amenizar as coisas. As vezes a gente precisa crescer, juntos. Quando eu não defendo suas idiotices, eu estou cuidando de você enquanto você se distrai.

Acredito que pra amizade, vale a mesma regra do amor, se não é recíproco, não existe. Logo, eu tenho poucos amigos. Isso se deve ao fato de que eu espero que uma amizade possa me retornar ao menos os três principais valores que eu dedico a elas. E quando não retornam, eu paro de me dedicar. Isso porque eu percebi que não era tão importante quanto eu achava que era.

E eu sempre preferi não ser ninguém a ser mais uma.

Deixe uma resposta